A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.
A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo, o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.
O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se, o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflecte. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o património de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.


Vinicius de Morais
 Posted by Picasa

4 comentários:

Sofia disse...

Adorei este post... reflete akilo que tenho sentido nos ultimos tempos... :) com este nick vais conseguir ir ao meu blog k tb é aki... Gorducha.28 (Sofia)

Albatroz2 disse...

A maior solidão, talvez seja das pessoas que não sabem estar acompanhadas...

Anónimo disse...

Este comentário vai para " albatroz 2" : o comentário ao casamento e este a respeito da solidão deixam perceber uma personalidade intrigante. Porém , se calhar o mal está na companhia , na que nós fazemos, na que permitimos que nos seja feita...

Anónimo disse...

Será ?

Subscribe