Fim de tarde de um dia frio e claro. Uma esplanada ao pé do mar. Uma Grembergen bem fria. Um cigarro fumado lentamente. O céu limpo. A linha do horizonte mal definida pelas nuvens cinza escuro, lá ao longe.
Um pôr do sol belíssimo.
Na esplanada, quase vazia, ouve-se o Adágio de Albinoni. O som dos instrumentos embala o pensamento. E esse, ganhou asas e navegou por sítios ora longínquos, ora bem próximos.
Pequenos momento de felicidade.
Perfeitas ligações.
 Posted by Picasa

13 comentários:

SABES QUEM SOU E SÓ ISSO INTERESSA disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
kaldinhas disse...

A felicidade é feita desses pequenos momentos.Temos de seber saboreá-los.
Beijinhos

Soraya disse...

Evinha Lindona!
Adorei o teu Blog, parabéns, virei cá visita-lo mais vezes para ver as novidades, está interessante, e adorei o teu ultimo comentário, bxinhos pa tu e pro Afonso, Soraya

Soraya disse...

Eva Lindona
Adorei o teu Blog, adorei o ultimo cantinho escrito, e as palavras soa como pedras... Bxinhos Soraya

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

são estes pequenos momentos de felicidade que nos dá um certo alento para seguir em frente...
o mar é sempre um bom conselheiro, pelo menos oferece-nos um pouco de paz interior

João Carlos disse...

Bem!
Antes de mais quero deixar-te o pensamento do dia- Rais partam os JICs mais as mãezinhas que os amamentaram!!!
Depois quero dizer-te que isso de bebida e musicas estrangeiradas numa época como a nossa. Fica a imagem que eu completaria com um sumo de manga e uma musica do Rui Veloso ou Trovante.

Mas falta sempre qualquer coisa! Isto sem companhia...

Olha aproveita e marca o almoço com o anónimo!

Daniel disse...

Amiguinha gostei muito do que li...as tuas palavras transmitem muita sensibilidade...através delas reconheço algumas vivencias da tua própria vida, medos, anseios, esperança...espero que continues porque não conhecia esta tua faceta ...mas gostei da tua escrita ...continua
Bjokas

Zé disse...

Como te compreendo e invejo, já passei pela sensação, só mudava o cenário e a música, no entanto continuo a ter uma enorme vontade de rever as minhas montanhas de Timor, sim, porque a música de Harry Gregson-Williams continua no meu ipod; ora atenuando ora aumentando a nostalgia. Nunca deixes de voar....

Albatroz2 disse...

A vida é feita de pequenos prazeres :)

Eu adoro o mar, logo, qq esplanada ao pé do mar é uma excelente escolha

Cleopatra disse...

Coitado e triste de quem não sabe saborear.
De quem não sabe sentir cada milimetro de pele e ouvir cada decibel de música...

Coitado de quem não beija com vagar... Não prova os lábios de quem beija...
Coitado...

Buera disse...

Foz do Arelho, fim de tarde, aquela explanada ali...o pôr do sol mais lindo!!
PARABÉNS Eva

Anónimo disse...

Recordo aquela florzinha de 8 anos chamada Eva, entre os malmequeres do quintal da avó Margarida, que agora aqui manifesta a sua profunda sensibilidade e veia artística. Tens um daqueles blogs que enriquecem. Gostei muito, continua.
Bjinho.
Artur

Subscribe