Que adianta dizer-se que é um país de sacanas?
Todos os são, mesmo os melhores, às suas horas,
e todos estão contentes de se saberem sacanas.
Não há mesmo melhor do que uma sacanice
para poder funcionar fraternalmente
a humidade de próstata ou das glandulas lacrimais,
para além das rivalidades, invejas e mesquinharia
sem que tanto se dividem e afinal se irmanam.

Dizer-se que é de heróis e santos o país,
a ver se se convencem e puxam para cima as calças?
Para quê, se toda a gente sabe que só asnos,
ingénuos e sacaneados é que foram disso?

Não, o melhor seria aguentar, fazendo que se ignora.
Mas claro que logo todos pensam que isto é o cúmulo da sacanice,
porque no país dos sacanas, ninguém pode entender
que a nobreza, a dignidade, a independência,
a justiça, a bondade, etc., etc.,
sejam outra coisa que não patifaria de sacanas refinados
a um ponto que os mais não são capazes de atingir.
No país dos sacanas, ser sacana e meio?
Não, que toda a gente já é pelo menos dois.
Como ser-se então nesse país? Não ser-se?
Ser ou não ser, eis a questão, dir-se-ia.
Mas isso foi no teatro, e o gajo morreu na mesma.

Jorge de Sena

8 comentários:

Cleopatra disse...

Isto vem na sequência de algo que tenha passado em algum sítio esta noite?!

Raposa Velha disse...

Mas onde é que desencantaste esta fantástica foto? 5 estrelas pela excelente escolha da trilogia texto-foto-oportunidade.

Tozé Franco disse...

Em país de dois sacanas quem é sacana é rei.
Fora de brincadeiras, muitas vezes preocupa-me o fururo por achar, que o mundo é dos "espertos", daqueles que passama vida a sacanear os outros.
Espero bem estar enganado, até para poder dormir mais descansado.
Um abraço e atrás dos dias, dias virão.

Tozé Franco disse...

Onde se lê "fururo" deve ler-se "futuro".

GTL disse...

"off topic"
Obrigada pela visita lá no nosso blog :o)
Como é hábito vou fazer um link para aqui!
Espero que tenhas gostado e voltes quando te apetecer... e gostei de conhecer este espaço :o)

até à próxima, bjs TG

Nilson Barcelli disse...

Há sacanices por todo o lado.
O que fazer? Também não tenho certezas...
Não conhecia este poema do Jorge de Sena. Muito bom, claro.
Beijo.

Luis Eme disse...

Belo poema de Jorge de Sena.

Ou seja, uma bela sacanice, sobre um país de grandes e pequenos sacanas...

salsa e coentros disse...

pois porque a sacanice neste país é toda pequenina, reflexo de quem pensa pequenino.
bons posts

Subscribe