"O amor vive pelas palavras e morre com os actos"
Marina Tsvétaïeva

11 comentários:

ringthane disse...

Down the drain?

Pedro Branco disse...

Será mesmo?

Gostei do teu espaço.

Gi disse...

Uma mulher que viveu das palavras é natural que pense assim... eu acho que ele também se vive de actos e se destrói com palavras.
Terá sido amor o que ela viveu nos escritos com Rilke?!...

Noite feliz, bom domingo

mixtu disse...

"há amores que nunca morrem, crescem com as palavras e com os actos..."
mixtu, antes e depois dos copos :)

abrazo

Maria e Jorge disse...

Gostei muito de por aqui passar
Voltarei

Beijinho
Maria

o alquimista disse...

No sublime te li...


Beijinho

Lia disse...

O amor não vive nas palavras, porque se assim fosse seria eterno...

Um beijo

as velas ardem ate ao fim disse...

Muitas vezes.

bjinhos

João disse...

boa música
o amor nesce sem darmos conta e só morre quando quiser

Luis Eme disse...

Parece que sim...

Nilson Barcelli disse...

O amor nasce, vive e morre, como todas as outras coisas...
Uns mais do que outros, claro.
Bom fim de semana.
Beijos.

Subscribe