A imaginação criou a "estória", mas guardou-a num cantinho, que recusa deixá-la partir, para se encontrar contigo no outro lado do cabo.
Disse-me a imaginação, em segredo, que um dia - talvez breve - a vai libertar num lugar qualquer ao pé do mar, para ela se ir soltando ao som da rebentação das ondas, do suor dos corpos e à medida que a respiração fica mais carregada.

Hoje esta imaginação só deixou sair o Soneto que só errado ficou certo, que caiu um dia da pena do José Gomes Ferreira e que anda agora por aí à solta e que me apetece oferecer-te.

"Se eu pudesse iluminar por dentro as palavras de todos os dias
para te dizer, com a simplicidade do bater do coração,
que afinal ao pé de ti apenas sinto as mãos mais frias
e esta ternura dos olhos que se dão.

Nem asas, nem estrelas, nem flores sem chão
mas o desejo de ser a noite que me guias
e baixinho ao bafo da tua respiração
contar-te todas as minhas covardias.

Ao pé de ti não me apetece ser herói
mas abrir-te mais o abismo que me dói
nos cardos deste sol de morte viva.

Ser como sou e ver-te como és:
dois bichos de suor com sombra aos pés.
Complicações de luas e saliva."

 Posted by Picasa

5 comentários:

João Carlos disse...

Não sei se a Grembergen não poderia ser trocada por uma imperial, simplesmente.
Também não sei se não preferiria antes um tema do Rui Veloso ou Trovante ao Adágio de Albinoni...
Raios partam a solidão que nos obriga a compensar com sucedâneos de terceira qualidade.

Eu disse...

Socorro-me da Natália: " Seguindo um rumo de palmeiras alinhadas na margem do Tigre cheguei ás portas de Ishtar. Leões de pedra abriram alas e a deusa deixou-me entrar".

Eu de novo disse...

É sempre bom vir aqui mitigar a solidão, que se deseja e que tantas vezes nos atormenta. E de que insistimos em fugir?

O Stressado disse...

Um bom remédio para tirar o Stress e de borla, o que é dificil nos dias de hoje


http://bluestrattos.planetaclix.pt/bubblewrap.swf

Soraya disse...

Evinha Kida,
Realmente tens razão... este teu blog, faz-me bem ao ego... para desanuviar, descomprimir, eskecer do dia a dia, ainda bem k o fizes-te, sabe-me bem, espreitar e ler os teus cantinhos, Um bxinho gande, Soraya

Subscribe