"Primeiro título pensado para A Insustentável Leveza do Ser: «O Planeta da Inexperiência». A inexperiência como uma qualidade da condição humana.
Nascemos uma vez por todas, nunca poderemos recomeçar uma outra vida com as experiências da vida anterior. Saímos da infância sem sabermos o que é a juventude, casamo-nos sem sabermos o que é ser casado, e mesmo quando entramos na velhice, não sabemos para onde vamos: os velhos são crianças inocentes da sua velhice. Neste sentido, a terra do homem é o planeta da inexperiência."


Milan Kundera, in "A Arte do Romance"
 Posted by Picasa

4 comentários:

binissima disse...

Caríssima prima

o seu blog é um must de poesia e charme.
Acho que a vou convidar para o reveillon

Anónimo disse...

Descalço, para maior sensibilidade,
Enfrentando a imensidão... o mar!
O pensamento é uma eternidade...
Provavelmente sem sequer amar!
A. Maciel

Cleopatra disse...

Não vale!
Prometemos uma à outra..
Quer imagem..
Quer texto..

Lembra????

O prometido é devido!!

Bj

Xein disse...

Adoro Milan Kundera.... Ufff....

Subscribe