Quando se aproxima mais um Dezembro.
As marcas ficam e tudo o resto foge entre os dedos.

Subscribe